domingo, 5 de julho de 2015



O Graxaim


Nos arredores do Cânion Fortaleza, em Cambará do Sul, os Graxains estão cada vez mais próximos aos ambientes antes ocupados apenas por turistas. Motivados pela facilidade de obtenção de comida e escassez no seu habitat natural, cada  vez mais invadido pelo homem, eles vem aparecendo em bandos. E mostram-se bastante determinados e encontrar algo de "bom" para comer. Esta foto eu tirei quando um deles ficava de olho na minha mochila da câmera Fotográfica, aguardando a doação de algum tipo de comida. Certamente que sou contra alimentar animais dessa forma, pois pode perder o instinto de caça e tornar essa atitude uma regra.


quinta-feira, 26 de setembro de 2013

INAUGURA HOJE A ARGENTUM - GALERIA DE FOTO ARTE EM PORTO ALEGRE



Hoje (26/09), às 19h30, na rua 24 de Outubro, 507 / 101 - Porto Alegre-RS, ocorrerá a Inauguração da ARGENTUM Foto Galeria!!

Também haverá a abertura da Exposição do amigo Fotógrafo Eurico Salis - Centro Histórico de Porto A...legre - (trabalhos primorosos, que mostram facetas belíssimas da Capital do RS).

A Galeria Argentum contará com várias fotos de minha autoria e também de grandes amigos fotógrafos.

O acervo é muito interessante. Vale à pena conferir! Fiquem à vontade para adquirir as obras a partir de amanhã.

Agradeço aos amigos que puderem comparecer no evento de abertura e também aos que puderem compartilhar com outros amigos fotógrafos tal atividade, ajudando-nos a divulgar este novo espaço fotográfico, que está contribuindo para a valorização da Fotografia como arte.

Convite - Divulgação Argentum
Ver mais

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Do Digital para Pinhole


Por Alex Racor

O último Dia 28 de Abril foi o Dia Mundial da Fotografia Pinhole, uma visão fotográfica livre de lentes.




A fotografia Pinhole (Furo de Agúlha) se caracteriza por capturar a imagem sem o auxilio de qualquer tipo de lente, podendo ser feita com os mais diversos recipientes, latas, caixas e, até mesmo um ambiente devidamente isolado (câmera escura) e utilizando papéis fotográficos ou filmes.


Dias antes do aniversário mundial da pinhole, realizei uma oficina na escola Projeto Contato, em Porto Alegre, onde montamos as famosas caixinhas PinLux, são maquinas fotográficas elaboradas a partir de caixinhas de fósforo FiatLux (únicas em tamanho ideal para a execução deste processo).

Como podem ver na imagem abaixo, a caixinha é totalmente vedada com fita isolante, contendo opostos dois rolos de filme, um cheio e outro vazio, onde a cada foto tirada se corre o filme de um lado par ao outro.




Com o auxílio de um obturador manual, o quase imperceptível diafragma feito com uma agulha muito fina (nesta câmera utilizamos a corda mais fina de uma guitarra), se torna a mágica desta maquina super simples, mas que pode impressionar com o resultado inesperado das imagens que é capaz de capturar.


Portanto, tomei a liberdade de realizar uma espécie de ensaio no dia da saída fotográfica, onde tentei capturar com a maquina digital as mesmas imagens capturadas com a pinhole, demonstrando isto ao colocar a pinhole em primeira vista.

Logo abaixo vamos ver as comparações, antes, algumas informações tecnicas:

- Filme utilizado na pinhole: Colorido - Iso400.

- Tempo de exposição: Entre 1 a 4 segundos, dependendo da intensidade de luz.

- Local: Cidade Baixa - Porto Alegre.















Em agosto, a Escola de Fotografia Projeto Contato estará realizando nova oficina de Pinhole em Porto Alegre.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Um Norte, por Gutemberg Ostemberg - Convite

Hoje inaugura a Exposição Fotográfica Um Norte.
Serão expostos 22 painéis 50x50cm com inagens capturadas na Região Norte do nosso belo País. A curadoria ficou a encargo da Professora de Fotografia Isaura Estefano Saraiva, o texto de apresentação da Fotógrafa Luciana Lee e produção de Cristiano W. Soares. As fotografias ficarão expostas até o dia 19 de outubro. 

quinta-feira, 31 de maio de 2012

O projeto Noites de Filó e o fotógrafo Marco Nedeff trazem uma exposição que relata um pouco da tradição que ainda vive em vários municípios do Rio Grande do Sul.


O projeto exibe a exposição de fotos de autoria de Nedeff, com a curadoria de Rafael Guimaraens. Além das imagens, o visitante pode vivenciar estas Noites de Filó assistindo às apresentações de diversos grupos de Filó, que fazem show durante toda a temporada. Fonte: http://guiadecidades.terra.com.br

quarta-feira, 28 de março de 2012

Internautas elegem melhores imagens de Porto Alegre

Menciona o COLETIVANET:

"Lançado no início do mês pela Secretaria Municipal de Turismo (SMTUR), o concurso fotográfico ‘Surpreenda-se com Porto Alegre’ já tem os cinco vencedores, escolhidos por internautas do Facebook. Sob o título ‘O salto do macaco’, a foto de Felipe Bozzetti recebeu 1.599 “curtir”; deixando Gutemberg Rodrigues Ostemberg em segundo lugar, com ‘Testemunhas do apocalipse’ (1.512 pessoas curtiram). Na terceira colocação, aparece Glauccio Calvano, autor de ‘Parque Marinha’ (1.021); ‘A lua da década’, de Adriana Franciosi, ficou em quarto (906); e Casa de Pedra, também de autoria do vencedor Felipe, recebeu o quinto lugar, com 697 curtições.
A promoção teve o objetivo de estimular a criação fotográfica e a visão do potencial turístico da capital gaúcha. As 285 imagens inscritas passaram por um júri técnico, que selecionou as 30 melhores fotos, cujos autores receberão, como prêmio, R$ 800 por fotografia, além de certificado de participação. Na segunda etapa, as imagens foram submetidas à votação pública na página da SMTUR no Facebook (www.facebook.com/portoalegre.travel), encerrada nesta terça-feira, 27"

Agradeço aos amigos que "curtiram" minha fotografia que ficou em segundo lugar no concurso.

Fonte: http://www.coletiva.net/site/noticia_detalhe.php?idNoticia=44598

quinta-feira, 22 de março de 2012

Fotografia Selecionada e Finalista no Concurso Fotográfico Surpreenda-se Com Porto Alegre


Fotografia tirada no Morro Santa Teresa em Porto Alegre, selecionada entre 30 trabalhos fotográficos escolhidos em concurso fotográfico com o tema Surpreenda-se com Porto Alegre.

All Rights Reserved
Photo: Gutemberg Ostemberg

domingo, 4 de março de 2012

Em Busca


Em Busca, upload feito originalmente por Gutemberg Ostemberg.


As pessoas constantemente
Possuem suas buscas particulares
Busca pela felicidade, pelo paraíso..
Pela tranquilidade, pela paz..
Pela perfeição, pela correção...
Pelo sentimento, pelo amor.
E esta busca é o que as tornam vivas.

Fotografia tirada no litoral Sul de Alagoas, este Estado de belíssimas prais, de povo simples e simpático.

All Rights Reserved
Todos os Direitos Reservados
Photo: Gutemberg Ostemberg

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Jardim Surreal

O Jardim Surreal de João Miguel Lanita, um dos Professores da Escola de Fotografia Câmera Viajante ( www.cameraviajante.com.br ) de Porto Alegre-RS.


quinta-feira, 9 de junho de 2011

Com tanta getne possuindo Câmeras Fotográficas qual o papel do Fotógrafos de hoje?

Foto: Gutemberg Ostemberg - Porto Seguro - Bahia



A busca fotográfica

Atualmente a tecnologia abreviou muitos processos dentre eles a fotografia em especial.Se pegarmos as reportagens publicadas principalmente em revistas, fatalmente iremos nos deparar com imagens e informações garimpadas na Internet. Hoje em dia é muito fácil entrar em um site de busca e lá conseguir todas as informações necessárias para se escrever uma matéria ou mesmo conseguir uma imagem do local. Deixou de existir a necessidade de se estar no local para poder documentar o que existe lá. Mas o que tudo isso tem haver com fotografia? A grande questão é buscar as suas imagens sob um ponto de vista muito pessoal.A tecnologia está cada vez mais condicionando as pessoas a acharem que uma boa foto está obrigatoriamente vinculada à um equipamento de ponta. “Se tenho um grande poder aquisitivo, sou um bom fotógrafo”. Do contrário, minhas fotos nunca serão tão boas quanto as dos outros. O que muitos esquecem é que a câmera depende de alguém para apontá-la para um objetivo, dizer para ela o que ver e como ver e ainda por cima apertar o “gatilho”. Sozinha as câmeras fotográficas digitais ou analógicas, pouco podem fazer. Talvez a tecnologia permita que a maior parte das imagens saiam com uma qualidade de iluminação adequadas, mas e o diferencial? Somado a isso vem à questão de buscar a fotografia. Investir tempo e dinheiro em visitar locais diferentes que possam render boas imagens. Quem nunca pegou um livro do Sebastião Salgado, Pedro Martinelli, ou Cristiano Mascaro dentre inúmeros outros ícones da fotografia nacional e não se impressionou com as imagens contidas lá. Mas o que esses fotógrafos têm de tão especial? Por que eles conseguem imagens que para nós parecem inalcançáveis? Talvez o grande diferencial esteja em eles buscarem a fotografia onde ela realmente está. Ir de encontro aos fatos e personagens utilizando a câmera apenas como ferramenta de registro e não como item principal do seu trabalho. E porque tantas pessoas se preocupam cada vez mais com equipamentos? Conhecer a técnica é fundamental e fazer dela um meio de se expressar é tão importante quanto. Mas hoje eu vejo mais pessoas se gabando dos equipamentos que possuem do que exatamente do trabalho que estão realizando. Será que esse é o futuro? Se seguirmos assim pode ser que um dia ao lermos a legenda de uma foto nos deparemos com frases do tipo: Nikon D500 – disparada por Fulano de Tal. Seria estranho, né? Confesso que eu não sou tão pessimista quanto ao futuro da fotografia.Acredito que com a revolução do digital, haverá em breve uma enorme valorização dos fotógrafos. A qualidade técnica passará a ser um padrão, mas profissionais começarão a se destacar pelos pontos diferenciais de suas imagens. Será cada vez mais forte a identidade de uma imagem e quem pretende se destacar na fotografia deverá se preocupar em buscar o seu diferencial. Na fotografia, como toda arte, devemos buscar motivos que nos motivem a fotografar e linguagens que consigam transportar todas as nossas expectativas e emoções. Uma das grandes falhas de boa parte dos fotógrafos é ter a pretensão que o mundo inteiro goste de suas imagens com intensidades homogêneas. Isso é um erro e muitos acabam fazendo uma fotografia pasteurizada, sem “tempero”. É impossível agradar a todos. Cada pessoa possui a sua própria biblioteca visual e isso faz com que cada imagem seja avaliada e julgada de uma forma muito particular. Até mesmo o estado emocional de uma pessoa afeta a opinião dela sobre uma imagem. Sendo assim, devemos buscar o nosso diferencial com afinco e tentar pensar o que pretendemos com cada imagem. Por que eu fiz determinada foto? O que me motivou a apertar o disparador naquele momento e com aquela configuração de equipamento? Isso é muito importante. Há pouco tempo atrás perguntei para alguns fotógrafos quais eram as primeiras pessoas que viam as suas imagens. Muitos me responderam que membros da família eram os primeiros a ver as imagens.Isso é muito importante mas todo mudo sabe que mãe acha lindo tudo o que o filho faz. É normal. No caso da minha mãe ela já diz que tudo é horrível para ver se desestimula o meu interesse em me meter em lugares não muito normais, para a maioria, em busca de uma imagem. Mas isso faz parte de mim. Eu gosto de olhar para uma imagem e ver que ali teve muito mais do que um simples disparo. Para mim é importante enxergar nas minhas fotografias a história por trás de cada uma delas. Muitos especialistas em edição dizem que você deve se desapegar das suas imagens porque isso faz com que a edição de imagens seja tendenciosa.Mas como não ser tendencioso diante de todas as dificuldades que passamos para alcançar um determinado local e fazer uma foto? Se ela não saiu tecnicamente perfeita, isso é uma questão a se resolver mas o importante é que o fotógrafo esteve lá e enfrentou dificuldades com o intuito de registrar um momento. Isso é fotografar.Melhor ainda é quando outras pessoas olham para as suas imagens e conseguem ler nelas todo o desafio e logística que envolveu aquela imagem. Mas para resumir tudo isso, a dica é: busque as suas imagens além do seu equipamento. Planeje as suas fotos e colha o resultado posterior de forma a trazer para as suas imagens a sua assinatura. Busque qualidade técnica mas não faça dela o seu único objetivo. Vá além. Outra dica é: se você quer ouvir apenas elogios, mostre as suas imagens somente para sua mãe. Se você quer crescer como fotógrafo aprenda a ouvir críticas e elogios e filtrá-los de forma positiva. Um grande abraço. * Bruno Guillon Ribeiro é graduado em Rádio e Televisão e está cursando pós-graduação em Fotografia. Mergulhador desde 1997, formou-se como Instrutor NAUI em 1999 e em 2003 pela PDIC. Fotógrafo desde 1994, tem como preferências a Fotografia de Natureza assim como a Fotografia Submarina. E-mail - bruno.guillon@uol.com.br

Fonte: Portal de Fotografia

sábado, 28 de maio de 2011

Tons Uruguaios


Tons Uruguaios, upload feito originalmente por Gutemberg Ostemberg.

Cenário de uma bela manhã no trajeto de Montevidéu para Colônia de Sacramento, no Uruguai.

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Na Luz da Manhã...


Na Luz da Manhã..., upload feito originalmente por Gutemberg Ostemberg.

Uma de minhas primeiras experiências de macro. Os detalhes centrais de uma singela flor, em Carlos Barbosa-RS.

Todos os Direitos Reservados
Photo: Gutemberg Ostemberg

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Belo em Bonito... / Mato Grosso do Sul / Brasil / Brazil / Natureza / Nature

Ainda podemos dizer que o lugar é praticamente um paraíso... Naturezas exuberante; peixes que esbarram em nossos corpos enquanto mergulhamos ou nadamos; pássaros em quantidade, clima agradável. Um lugar como este não poderia ter outro nome, a não ser: Bonito. Esta fotografia foi tirada durante um passeio com amigos gaúchos e familiares. O dia estava muito agradável. Canon 50D, Lente 18-55mm Canon, Polarizador, Tripé.

By Wikipédia: "Pólo do ecoturismo em nível mundial, suas principais atrações são as paisagens naturais, os mergulhos em rios de águas transparentes, cachoeiras, grutas, cavernas e dolinas. É a principal atividade da região[7] há muito tempo, além de estar em constante evolução buscando a interferência mínima na natureza. Bonito reúne um conjunto de equipes, empresas, ONGs e órgãos governamentais que buscam organizar e coordenar o ecoturismo, visando sempre a sustentabilidade local e a conservação da natureza. A cidade tem seu próprio gestor de turismo, o Bonito Convention & Visitors Bureau. As agências da cidade organizam passeios para todo tipo de público, como o mergulho da superfície ou flutuação, rapel, passeios a pé e a cavalo, que permitem conhecer suas atrações naturais e o cotidiano das fazendas. Nos roteiros culturais, conhece-se as lendas, músicas e costumes regionais. É o centro da prática de esportes na natureza, oferecendo grande número de atividades em diferentes atrativos"

We can still say that the place is practically a paradise ... Exuberant nature, fish that come up against our bodies as we dive or swim, birds in quantity, pleasant climate. A place like this could not have another name, unless: Beautiful. This photograph was taken during an outing with friends and family gauchos. The day was very enjoyable. By Wikipedia: "Pole ecotourism worldwide, its main attractions are the natural landscape, the dips in rivers of clear waters, waterfalls, caves, caverns and sinkholes. It is the main activity of the region [7] for a long time, and be evolving seeking minimal interference in nature. Bonito gathers a group of teams, companies, NGOs and government agencies that seek to organize and coordinate ecotourism, always seeking local sustainability and nature conservation. The city has its own tourism manager the Nice Convention & Visitors Bureau. The city agencies organize tours to all audiences, such as diving or surface fluctuation, rappelling, hiking and horseback, allowing us to know its natural attractions and daily life of farming. In cultural tours, is known legends, songs and customs. It is the center of sports in nature, offering many activities in different attractive "

Todos os direitos reservados ©, sendo proibida qualquer reprodução ou divulgação, com ou sem fins comerciais, em qualquer meio de comunicação, inclusive na internet, sem a minha prévia consulta e aprovação, conforme lei LEI N.º 9.610, DE 19 DE FEVEREIRO DE 1998, que rege sobre o Direito Autoral!
All Rights Reserved
Photo: Gutemberg Ostemberg

terça-feira, 21 de setembro de 2010

21 DE SETEMBRO - DIA DA ÁRVORE !! A PRIMAVERA VEM AÍ!! :) / Amanhecer no Rio Negro / Manaus / Amazonas / Brasil / Brazil / Nature / Natureza

21 DE SETEMBRO - DIA DA ÁRVORE !! A PRIMAVERA VEM AÍ!! :) / Amanhecer no Rio Negro / Manaus / Amazonas / Brasil / Brazil / Nature / Natureza
No dia 21 de setembro comemoramos o Dia da Árvore, momento para refletir sobre a conservação da natureza e preservação das nossas matas. No hemisfério sul, o dia 21 de Setembro prenuncia a chegada da primavera, no dia 23, estação onde a natureza parece recuperar toda a vida que estava adormecida pelos dias frios de inverno.No Brasil, carregamos fortes laços com a cultura indígena que deu origem a este país; um deles é o amor e respeito pelas árvores como representantes maiores da imensa riqueza natural que possuímos. Os índios também utilizavam este período para iniciar a época de plantio, organizando-se pelo calendário lunar. Confirmando o carinho e respeito pela natureza, no Brasil, em 24 de fevereiro de 1965, formalizou-se o dia 21 de Setembro como o Dia da Árvore - o dia que marca um novo ciclo para o meio ambiente. Fonte: www.diadaarvore.org.br/

Acampar à beira do Rio Negro e ver o dia nascendo como se fosse um por-do-sol não tem preço. Logo de manhã ouvi do lado de fora da barraca meus amigos manauaras gritando: "Guto! Guto! Pegue tua câmera!!" Levantei apressado, com os olhos ainda cheios de sono, fiz a marcação na câmera e fui para a beira do Rio Negro... Entrei, ficando com a água até a cintura, e registrei algumas cenas... Impressionante! Mas para mim parecia que era um final de tarde, devido a tonalidades avermelhadas do sol e seus reflexos.

(by Google Translate) Camping by the River Negro, in Manaus-AM, and see the day coming up, as if by a sunset, it is something invaluable. In the morning I heard outside the tent manauara my friends shouting "Guto! Guto! Take your camera! "I woke up in a hurry, even with eyes full of sleep, I made the markings on the camera and went to the edge of the Rio Negro ... I went into the river, getting water to the waist, and recorded some scenes ... Impressive! But to me it seemed a late afternoon due to reddish hues of the sun and its reflections.

All Rights Reserveds
Foto: Gutemberg Ostemberg
Todos os Direitos Reservados.

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Arara Canindé - Animais do Brasil / Nature / Natureza / Brazil

Aves grandes, espalhafatosas, barulhentas, coloridas e, sobretudo, belas, que se destacam entre as demais.

"A arara-de-barriga-amarela ou arara-canindé (Ara ararauna) é uma arara que ocorre da América Central ao Brasil, à Bolívia e Paraguai. Tal espécie chega a medir até 90 cm de comprimento, com partes superiores azuis e inferiores amarelas, alto da cabeça verde, fileiras de penas faciais e garganta negras. Também é conhecida pelos nomes de arara-amarela, arara-azul-e-amarela, araraí, araraúna, arara canindé e arari. As araras canindé na natureza se alimentam frutos e castanhas. Essas aves estão sempre em grupo e são aves barulhentas mas pousam silenciosamente. A arara canindé enfrenta vários problemas em relação a extinção, estão sendo ameaçadas principalmente pelo contrabando e pelo comércio ilegal de aves, também é um animal muito procurado como bicho-de-estimação pois é muito dócil, quieto (dependendo das condições do cativeiro) e possuem certa capacidade de fala, além de ser um animal muito belo. Uma vez que formam casal, não mais se separam e botam em cerca de 3 ovos e chocam entre 27 e 29 dias. Ordem: Psittaciformes." Fonte: Wikipédia.

Large birds, loud, noisy, colorful and, above all, beautiful, standing out among the others.

"The parrot-yellow-bellied or canindé macaw (Ara ararauna) is a parrot that occurs in Central America to Brazil, Bolivia and Paraguay. This species comes to measuring up to 90 cm long, with blue uppers and lower yellow, green top of the head, rows of black feathers face and neck. It is also known by the names of yellow macaw, macaw, blue and yellow plow, ararauna, canindé parrot and macaw. Canindé macaws in the wild they eat fruits and nuts. These birds are always in groups and are noisy but birds perch silently. The parrot canindé faces several problems in relation to extinction, are being threatened primarily by smuggling and the illegal trade in birds, is also much sought after as an animal creature-of-estimation because it is very docile, quiet (depending on the conditions of captivity) and have some ability to speak, besides being a very beautiful animal. Since forming a couple, no longer separate and lay about 3 eggs and hatch between 27 and 29 days. Order: Psittaciformes. "Source: Wikipedia.

Todos os Direitos Reservados / All Rights Reserved
Foto: Gutemberg Ostemberg

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

4.671 Views!! Thanks / A Amizade / La Amistad / The Friendship / L'amicizia / De vriendschap / Die Freundschaft / L'amitié / La Paloma - Uruguay

Foto: Gutemberg Ostemberg
All Rights Reserved
Todos os Direitos Reservados
]
The Friendship is the biggest Treasury that we have
It is a relationship of constant exchange
Which brings us many benefits
However, it must be cultivated with great care and attention
It makes us more "live"
It mark our existence

Photo of two great friends in the piers in La Paloma, Uruguay, during the autumn of 2006.

A Amizade é o maior Tesouro que temos
É uma relação de constante troca
Que nos traz inúmeros benefícios
No entanto, tem que ser cultivada com muito carinho e atenção
É o que nos torna mais "vivos"
É o que marca nossa existência

Fotografia de dois grandes amigos e irmãos meus nos molhes em La Paloma, no Uruguai, durante o outono de 2006.

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Entardecer em Punta Ballena / Casa Pueblo / Uruguai / Uruguay

Outono de 2009 em Punta Ballena, no Uruguay, numa tarde magnífica, com direito ao pôr-do-sol na Casa Pueblo. Amigos, não é tão longe do Brasil e é bem barato visitar o Uruguay. Vale à pena.

"Casapueblo, this is where the artist Carlos Paez Vilaro Uruguay, known and prized throughout the world, live. His studio is in the highest part of the house, which has a restaurant and a hotel. This unconventional work of architecture, located in Punta Ballena, there are 15 miles from downtown Punta del Este, was begun in 1958, from a room made of cans. Later it was covered with pieces of wood that came from shipwrecks. Years later the artist found a recipe that would give the face and style that the house is today. With cement and lime, "preached" a sort of chicken-wire walls of wood and painted his house, all done by hand, in white. The intention was to contrast with the sky and sea.
Vilaro is defined as a "doer of things." Infiltrates in all fields of art that draw attention. Have you done tapestry, mural painting, pottery, architecture, painting and sculpture. It has a very strong connection with Brazil and a strong African influence in his works. Vilaro says that when he visited Bahia in 1956, found the whole of Africa there. Uruguay, Vilaro believes part of the sun and says that art and life are like a long journey full of doors to be opened to find out what's behind each one. For him, always missing something, where there are doors to open. "Source: Folha Online. (by Google Translate)

"Casapueblo, é onde onde o artista plástico uruguai Carlos Páez Vilaró, conhecido e premiado no mundo inteiro, mora. Seu ateliê fica na parte mais alta da casa, que tem ainda um restaurante e um hotel. Esse obra arquitetônica nada convencional, localizada em Punta Ballena, há 15 km do centro de Punta del Este, começou a ser construída em 1958, a partir de um cômodo feito de latas. Mais tarde foi revestido com ripas de madeiras que vinham de navios naufragados. Anos depois o artista descobriu a receita que daria a cara e o estilo que a casa tem até hoje. Com cimento e cal, "pregou" uma espécie de tela de galinheiro nas paredes de madeira e pintou sua casa, feita toda à mão, de branco. A intenção foi dar contraste com o céu e o mar.
Vilaró se define como um "fazedor de coisas". Infiltra-se em todos os campos das artes plásticas que lhe chamam atenção. Já fez tapeçaria, pintura em mural, cerâmica, arquitetura, pintura e escultura. Tem uma ligação muito forte com o Brasil e uma forte influência africana em suas obras. Vilaró diz que quando visitou a Bahia, em 1956, encontrou a África inteira lá. Uruguaio, Vilaró acredita fazer parte do sol e diz que a arte e a vida são como um largo caminho cheio de portas que devem ser abertas para descobrir o que há por trás de cada uma. Para ele, sempre falta algo, sempre há portas para serem abertas." Fonte: Folha On-Line.

domingo, 8 de agosto de 2010

Natureza em Cor... / Jardim Botânico de Porto Alegre / Brasil / Brasil / Nature / Naturaleza

Para quem vive muito tempo em cidades grandes, nada melhor do que, de vez em quando, ir ao Jardim Botânico, desfrutar de bons momentos apreciando a natureza.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Navegando no Verde Mar Bahiano / Coroa Vermelha / Porto Seguro / Bahia / Brasil / Brazil

Sempre tive uma outra idéia a respeito de Porto Seguro, antes de conhecê-la. Festas e mais festas e algumas outras imagens passavam pela minha cabeça. Lá, acabei me deparando com belas praias, um povo muito simpático, em dias maravilhosos de férias. Na Bahia, fiz algumas de minhas fotos que mais curto. Uma delas tem mais de 18 mil visitas aqui no Flickr. Esta, foi uma de minhas prais preferidas. A calma do mar é um convite...

quinta-feira, 6 de maio de 2010

FLORIPA NA FOTO - Participem!! 17 a 21 de maio de 2010




Novos Workshops na Agenda do Festival



• Retrato Documental Outdoorcom Fabio Eliasdia 21 das 09:00 às 12:00
Retratar uma pessoa num ambiente externo (outdoor), isto é, dar ao mesmo tempo importância tanto para a pessoa (em um primeiro plano) quanto para paisagem ou arquitetura ou qualquer outro ambiente que a mesma se encontre.
• Noções sobre preservação e acondicionamento de acervos fotográficoscom Denise Thomasdias 18, 19 e 20 das 09:00 às 12:00
Noções sobre preservação e acondicionamento de acervos fotográficos
• Fluxo de Trabalho com oLightroom – Da Captura em RAW ao Arquivamentocom Marcos Issadia 20 das 09:00 às 12:00 e das 14:00 às 18:00 e dia 21 das 14:00 às 18:00
Mais do que ensinar o uso do Lightroom, este curso pretende passar conceitos. Por que fotografar em RAW, como tratar as imagens, gerenciar os acervos e arquivá-los, trabalhando de forma segura, rápida e eficiente. O curso mostra que a fotografia digital de qualidade pode ser bem mais simples do que parece, mas é preciso entendê-la. Issa vai falar sobre o software Adobe Lightroom, além de dar dicas e mostrar acessórios que tornam melhor a vida do fotógrafo, seja ele jornalista, social, de natureza, publicitário, etc.
Turma Extra nas Oficinas
• Introdução à Fotografia de Naturezacom Zé Paiva
Inscrições abertas para a turma extra, as aulas serão ministradas nos dias 20 e 21 das 08:00 às 12:00.
+ Leitura de Portfólios
• Leitura de portfólio com Marcos Issadia 21 das 9:00 às 12:00
Marcos Isso é fotojornalista e sócio da Agência Argosfoto há 16 anos. Estudou cinema na UFF e atuou nos principais jornais do Rio de Janeiro, em especial em O Globo, onde também trabalhou na sucursal de SP até sair para montar a Argosfoto.
Atividades com vagas limitadas, as inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo site www.floripanafoto. com
Acompanhe as entrevistas no Blog do Festival www.floripanafoto. com/blog
E-mail - contato@floripanafo to.comTelefones - (48) 3365 2324, 9901 1334 e 9935 1533.
O evento é uma Realização da Duo Arte e Produção com participação da Editora Photos e apoio da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Associação dos Arte Educadores de Santa Catarina – AAESC, Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina – MIS/SC e Universidade do Vale do Itajaí – UNIVALI


Fonte: www.floripanafoto. com

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Fotos no Explore do FlickR


Fotos que constaram no Sistema Explore do FlickR

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

CENAS SULINAS - Mostra Fotográfica de Gutemberg Ostemberg



A exposição "Cenas Sulinas" encontra-se no Espaço B do TRT-RS, localizado no prédio II do Foro Trabalhista de Porto Alegre (Av. Praia de Belas, 1.432). De autoria do fotógrafo Gutemberg Ostemberg, a mostra é composta por fotografias que retratam peculiaridades ligadas ao clima, ao povo, à geografia e aos costumes do Sul.Gutemberg é natural de Campo Grande - MS, mas reside em Porto Alegre há mais de 14 anos, cidade que adotou como morada. É servidor do TRF da 4ª Região, tendo começado a fotografar aos 15 anos de idade, como amador. No entanto, motivado por colegas de trabalho, iniciou seus estudos de Fotografia nas Oficinas do Sintrajufe, dando continuidade nos anos seguintes, com diversos cursos na área da Fotografia Digital e tratamento de imagens. Atualmente, integra dois grupos fotográficos da Capital: Grupo 35mm e Paralelo 30 Fotoclube, o qual preside. Possui trabalhos premiados e selecionados em diversos concursos, seleção em salões nacionais e internacionais; fotografias publicadas em revistas e livros, dentre os quais: Revista Fotografe Melhor; Livro Histórias do Trabalho e Brazil by Night, ao lado de fotógrafos como Guy Veloso, Ed Viggiani e Walter Firmo.A mostra estará em cartaz de 23 de fevereiro a 19 de março, no Espaço B do TRT-RS, tendo como horário para visitação do público externo das 10h às 18 horas, de segundas a sextas-feiras, com exceção de feriados. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3255.2186 ou pelo e-mail espacocultural@trt4.jus.br.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

As 48 Melhores Fotos de 2009


Olivier Laban-Mattei / AFP / Getty


As 48 melhores fotos do ano, escolhidas pela revista Time: http://bit.ly/ 65oYI9

Ou acesse: http://www.time.com/time/photogallery/0,29307,1946595,00.html

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

IMAGENS DA AMÉRICA DO SUL

Belas fotografias de Cidades da América do Sul.

Clique nas imagens para saber um pouco mais de cada lugar!

Florianópolis - Brasil

Navegar  é preciso  ...   ;-))

Rio de Janeiro - Brasil

Cidade Maravilhosa II

Punta Ballena - Uruguay

Casa Pueblo - Punta Ballena - Uruguay

Bogotá - Colômbia

Anoitecer em Bogotá

Laguna Verde - Bolívia

Laguna Verde, Bolívia

Quito - Equador

Quito Nocturno - Convento de San Francisco

Buenos Aires - Argentina

Hermosa plaza de Buenos Aires

Caracas - Venezuela

Caracas (Venezuela). Monte Ávila y pista del aeropuerto de la Carlota.

Assunción - Paraguay

viaje paraguay 077

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

FUTURO? - Lumix DMC G1 - Pequena Valente!

Foto: Divulgação

A Revista Fotografe Melhor deste mês dedicou um bom espaço para divulgar a Lumix DMC G1. Confesso que eu não tinha idéia sobre esta câmera e gostei de algumas coisas. Uma câmera de pequeno porte, com bons recursos, e lentes LEICA. O que acham?

"A Panasonic liberou nessa semana o preço oficial da Lumix DMC G1. O equipamento é o primeiro fruto da parceria entre Olympus e Panasonic para o desenvolvimento do sistema Micro Quatro Terços, que tem por objetivo diminuir o tamanho de câmeras e lentes ao eliminar o espelho que equipa as câmeras reflex. Nesse novo sistema, a lente fica a poucos milímetros do sensor, possibilitando o ganho de espaço. Porém, o preço a ser cobrado por essa nova peça de tecnologia não agradou muito. A Lumix DMC G1 vai sair pela pequena quantia de U$ 800,00. Na mesma linha, foi colocado o preço da lente 45-200mm (que vai se comportar como uma 90-400mm na proporção 35mm) que vai custar U$ 350,00. Não sei quanto a vocês, mas eu acredito que isso pode se tornar um tiro no pé. Com a questão da economia de espaço e menor peso todo mundo estava apostando em um equipamento mais acessível. Com esse valor é possível comprar qualquer DSLR de entrada da Nikon ou Canon e ainda sobram uns trocos para acessórios (comparando os preços nos Estados Unidos, é claro). Para 2009 a Panasonic promete aumentar sua linha baseada no sistema Micro Quatro Terços com mais câmeras e lentes, inclusive já tendo prometido um modelo com opção de filmagem em alta resolução, visto que a DMC G1 não produz vídeo. Eu prefiro esperar mais um pouco e ver o que a Olympus vai nos apresentar. O protótipo mostrado na Photokina aposta em novos conceitos e é mais bonitinho.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Paisagens Por Gutemberg Ostemberg

Paisagens do Brasil e Uruguai

Para visualizar em tamanho maior, clique no título de cada imagem, abaixo do mosaico.

Fotografias: Gutemberg Ostemberg



1. Terra das Marés - Porto de Galinhas - Pernambuco - Brazil, 2. Kind of Magic / Una Especie de Magia, 3. Em Cantos de Paraty, 4. Arquitetada no Celeste..., 5. Ilha da Coroa do Avião - Itamaracá - Pernambuco - Brazil, 6. Tons Alagoanos - Praia do Francês - Maceió-AL - Brazil, 7. Azul Pajuçara / Pajuçara Blue, 8. Praia do Francês - Alagoas - Brazil, 9. Encantos de Santa Catarina II, 10. Um Dia em Itapuã, 11. Cidade Maravilhosa II, 12. Pinceladas V, 13. Ausentes, 14. Alagoas e Seus Encantos..., 15. Imensidão Azul / Blue Immensity, 16. Cores do Nordeste / Colors of Brazil, 17. Paz do Francês, 18. Anchored in Calm Waters / Ancorado em Águas Mansas / Foto no The World's Best Photos of Blue and Ocean, 19. Navegando em Itamaracá..., 20. Pescadores de Vila Velha - Pernambuco - Brazil, 21. As Cores do Sul / Colors of Brazil, 22. O Bosque e a Luz, 23. Returning from canyons, 24. Tons do Porto de Galinhas - Pernambuco - Brazil, 25. WINTER / INVERNO / EXPLORE, 26. Paisagem Brasileira - Iraí-RS - Brazil, 27. Um Calmo Dia..., 28. Anoitecer em Campo Grande-MS, 29. Mar Vermelho / Red Sea, 30. Gamboa III, 31. My Way... / Foto Premiada, 32. Inverno - Winter, 33. O Cânion Fortaleza no Inverno, 34. Punta Del Este - Pintura em Foto, 35. Stars of the Night / Estrelas da Noite, 36. FOTO FINALISTA DO CONCURSO BELEZA BRASILEIRA 2008 DA DIGIFORUM - Tentemunhas do Apocalipse - Fogo / Fire / Le feu /

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

FOTOGRAFIA NOTURNA - UMA ÁRDUA TAREFA

Stars of the Night  /  Estrelas da Noite

Figueira numa noite fria noite de lua cheia  / A fig tree in a cold full moon night

FELIZ 2008!!  HAPPY NEW YEAR!! / PORTO ALEGRE - NOTURNA

Porto Alegre - Noturna

Noite em Punta Del Este
________________________Fotos: Gutemberg Ostemberg

Fotografia noturna é uma de minhas paixões, por se tratar de um grande desafio. Não é fácil trabalhar com pouca luz ou com luzes contrastantes. Pontos muito escuros e outros muito claros são uma combinação exigente. Além da questão: segurança, há outros ingredientes que dificultam a execução da imagem durante a noite. Nestas imagens procurei utilizar o tripé e lançar mão de um diafragma alto, para obter uma maior qualidade no tocante à nitidez. Nem sempre se consegue uma boa fotografia noturna no primeiro click. Isso pode acontecer, mas, em geral, não ocorre.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

SOLTANDO OS BICHOS - MOSTRA FOTOGRÁFICA COLETIVA - CONVITE

__________________Edição de Arte do convite: Cristiano W. Soares


Olá amigos,
Convidamos a todos que moram em Porto Alegre e região para visitarem nossos trabalhos fotográficos expostos no Espaço de Artes do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.
Trata-se da Mostra Coletiva Soltando os Bichos, onde são retratados vários animais da nossa fauna, como forma de reflexão sobre o seu futuro em nosso planeta.

sábado, 1 de agosto de 2009

Carpe Diem

Carpe Diem
Foto e texto: Gutemberg Ostemberg

Many people begin to see what the life is the best only in extreme moments ... However, we can each day to contemplate beautiful scenes and take advantage of it. This is the path to inner peace and a good life. Walk ... look ... breathe ... feel happy about it! Let it!

Muitos começam a exergar o que a vida tem de melhor somente nos extremos momentos... No entanto, podemos a cada dia contemplar cenas belíssimas e tirar proveito disso. Este é o caminho da paz interior e de uma boa vida. Caminhe... olhe... respire... sinta prazer nisso! Permita-se!"Mas se você escutar bem de perto, você pode ouvi-los sussurar o seu legado. Vá em frente, abaixe-se. Escute, está ouvindo? - Carpe - ouve? - Carpe, carpe diem, colham o dia garotos, tornem extraordinárias as suas vidas.". Esta última frase é de um trecho do filme "A Sociedade dos Poetas Mortos", com Robin Williams.
Esta fotografia foi tirada no litoral de Porto Seguro, na Bahia.
All rights reserved